quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Algumas opiniões breves sobre 2 filmes portugueses

...que vi nos últimos dias.

Call Girl (2007), de António Pedro Vasconcelos, é um rumo alternativo que o cinema português comercial poderá levar. É cinema de massas e é de qualidade. Não é uma grande obra para pensar sobre as grandes coisas, mas é um filme que tem tempo de deixar a sua mensagem sobre o estado do país. Soraia Chaves arrasa. Não é Ava Gardner, mas também não precisa de o ser.

Odete (2005), de João Pedro Rodrigues, é um filme absolutamente bizarro que tem que ser visto. É bem filmado que se farta - há cenas que considero do melhor que vi ultimamente, como a do cemitério à noite com as velas. O único senão do filme é o mesmo de que padece "Crash" de David Cronenberg - tocar algumas vezes o mau gosto. E Ana Cristina Oliveira parece uma daquelas junkies dos filmes do Pedro Costa. Tsc, tsc.

Sem comentários: