sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

O círculo está completo


Será Instinto Fatal o melhor filme da década de 90? É uma forte possibilidade, penso que este thriller sexual justifica e bem a barafunda que o público fez na altura. Finalmente consegui ver o filme por completo, e devo dizer que aqueles críticos que à data da estreia dipensaram o filme com 1 ou 2 estrelas, vão ter vergonha no futuro, pois daqui a 10 anos o filme vai ser considerado uma obra-prima do cinema.

O filme parece ser uma espécie de sequela infernal do Vertigo do Hitchcock, com uma Judy regressada de um túmulo algures em S. Francisco para se vingar do detective; desta vez reencarnada na forma de uma escritora de policiais, predadora sexual, manipuladora e assassina.

O clip que eu meti em cima, pertence à cena mais emblemática do filme - o traçar da perna - mas é só mesmo para ter mais visitas no blog. Vão por mim, o filme é muito mais do que esta cena. A realização de Paul Verhoeven é de mestre e Sharon Stone tem um dos papéis mais sexys e emblemáticos da História.

Sem comentários: