terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Séries da minha infância, que cada vez que começavam, me faziam desligar a T.V. #1


"O Barco do Amor" era uma delas. Como todos os garotos daquela idade (8/10 anos), simplesmente não tinha pachorra para histórias de amor e, para mim, aquilo era tudo uma pieguice pegada. Quando muito, quando queria ver séries de adultos via "Os Vingadores", que sempre tinha mais estilo, enredos policiais, e personagens excêntricas.

Quando repetiu há pouco tempo na TV Cabo constatei, para choque meu, que aquilo até tinha alguma piada, e uma certa qualidade kitsch muito característica daqueles anos. De certa forma, a série era uma maneira das velhas estrelas de Hollywood arranjarem trabalho - neste episódio aparece Anne Baxter.

Sem comentários: