quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Gordon Gekko, seu filho-da-puta


É à pala de tipos como ele que o mundo está como está, mergulhado numa assoladora crise económica - enquanto alguns privilegiados nadam em acções e enriquecimentos em offshores ou compram Maseratis, outros milhões estão na miséria, e a passar fome.

Apesar disso, a interpretação de Michael Douglas em Wall Street, de Oliver Stone, não deixa de ser absorvente e assustadoramente premonitória - o mal, a riqueza, e a ganância na sua forma mais depurada e sedutora. Sem dúvida, umas das melhores representações dos 80's.

2 comentários:

João Franco disse...

Sabes que Gekko quer dizer reptil ?

Ricardo Martins disse...

Não sabia... Em que língua?