domingo, 7 de março de 2010

Descobrindo a saga Star Trek

Parece incrível, mas até há coisa de 2 ou 3 meses, nunca tinha vista nada desta saga. Face a uma obra tão imensa, composta pela série original, passando pelos filmes, e pela Next Generation, um curioso tem uma reacção de ficar intimidado, da igual forma que ficaria ante a um espólio imenso - "Por onde começar?" - perguntei-me eu.

Creio que fazer comparações entre Star Wars e Star Trek é um acto de tolice, pois apesar de as duas serem de ficção científica, a primeira tem mais em comum com filmes de aventuras e de combates de aviões da Segunda Guerra Mundial; enquanto a segunda é mais para adultos, por assim dizer - há muitos menos cenas de acção, grande parte das cenas passam-se dentro da nave espacial Enterprise, e no final, o Capitão Kirk e a sua tripulação têm que se defrontar com um inimigo que, regra geral, desafia as suas velhas crenças de Bem e de Mal, sendo que, depois do confronto, a tripulação sai sempre mais madura, e crente que ainda nada conhece do Universo.

Vale decididamente a pena partir para a aventura e arriscar ver Star Trek, tanto em série de TV como em filmes, mas temos de ir ver com a mente aberta, sem esperar uma repetição de Star Wars ou de outros filmes do género.

"The human adventure is just beginning." - do final do primeiro filme.

1 comentário:

Joao Franco disse...

Existem imensas series Star Trek, desde o capitao Kirk passando pelo Picard até a capitao Janeway.

Eu via montes de vezes na RTP2 e na Sic radical.
Vale a pena ver. é interessante.

Cheguei a ter uns dvds em espanhol mas tao em Bucelas , ou emprestei ao domingos (ja nao sei deles) !!