domingo, 28 de março de 2010

Lições a serem retidas

Ver Star Trek II - The Wrath of Khan, transmitiu-me mensagens de quatro ordens distintas - políticas, sociais, éticas e espirituais.

Se, por um lado, a afirmação proferida por Spock (que lhe predestina o sacríficio e a sua subsequente morte) - "As necessidades de muitos, por vezes, têm que se sobrepôr às necessidades de alguns poucos" - é altamente altruísta e uma máxima ética que todo o ser humano devia reter, antes de cair nos excessos e nos fanatismos; por outro lado, o filme faz-me cada vez mais e mais acreditar na Reencarnação do Homem, que aquilo que estamos a fazer hoje, neste preciso momento, vai ter consequências daqui a 100 anos, aquilo que fizermos de bom ou de mau agora, neste preciso momento, vamos deixar como herança às gerações vindouras; por isso é melhor que a herança que deixarmos seja Fraternidade e Amor pelo próximo.

Star Trek - Parte II pode não ser feito do material que vem geralmente nas listas das obras-primas do Cinema, mas é um filme essencial, que nos ajuda a pensar naquilo que estamos a fazer pelo Outro, bem como a reflectir em todo o conceito de Eternidade, e na nossa responsabilidade individual perante o Mundo, enquanto Seres Humanos.

Sem comentários: