domingo, 28 de março de 2010

Reescrevendo a História

O visionamento, há uns dias atrás, da versão de 1976 d' O Homem da Máscara de Ferro, com Richard Chamberlain e Patrick McGoohan, fez-me lembrar o exemplo do recente Inglorious Basterds, e das formas como por vezes, e sem podermos evitar, a cultura popular se sobrepõe à História tal como aconteceu.

Se por vezes, e de forma nefasta, a cultura popular é tida como verdade absoluta, acima de qualquer suspeita, no lugar de ser feita a devida pesquisa histórica; aqui as obras fílmicas são tão bem construídas, que o espectador nem se importa de ser "enganado". Tanto o final de Inglorious Basterds, bem como todo o enredo integral d' O Homem da Máscara de Ferro não aconteceram mas, neste caso, face à qualidade ficcional, tal deturpação dos factos não é prejudicial para os espectadores menos informados.

Sem comentários: