terça-feira, 15 de junho de 2010

Identidade fílmica portuguesa

Este é um texto muito interessante que tenta reflectir algumas das razões porque o Cinema Português falha tantas vezes na abordagem às suas temáticas, à myse en scene, e principalmente no tratamento dos diálogos.

As cenas de diálogo nos filmes portugueses não costumam sair naturais, talvez advindo do facto (defende o autor do texto) de muitos dos seus argumentistas verem filmes americanos a mais, trazendo uma realidade que não é a nossa para cá.

É uma teoria não tão rebuscada quanto possa parecer à primeira vista. Há toda uma problemática de identidade nacional a resolver com o nosso cinema, e que por muito que alguns tentem negar, as novelas portuguesas conseguiram resolver mais rapidamente, mesmo à custa de fazer o espectador passar por épicas secas, com sub-produtos xaroposos de qualidade miserável. As nossas novelas podem não ter o mínimo de noção de ritmo, mas conseguiram tornar-se decididamente portuguesas.

Sem comentários: