segunda-feira, 12 de julho de 2010

Bill Gates, seu filho-da-puta

Cada vez que me lembro das palavras do Bill Gaitas, que um dia haveria um computador por cada pessoa no mundo, e que os computadores seriam o futuro, blá blá, dá-me vontade de comprar uma passagem para os EUA e atirar-lhe uma bigorna à cara, no lugar da tarte que lhe mandaram da outra vez.

Enquanto Ser Humano, creio que as máquinas nunca deviam falhar - por isso mesmo é que são máquinas - mas o que é certo é que o meu PC pifou ontem à noite, assim do nada - sem explicações nem pedidos de desculpa.

Sr. Bill Gates... As máquinas NUNCA irão substituir o Ser Humano, pois são tão ou mais falíveis que as pessoas. E uma pessoa ainda se perdoa quando erra. Agora uma máquina...

Sem comentários: