sexta-feira, 16 de julho de 2010

Mais palavras sábias...

"Vivemos num mundo saturado de informações prontas a consumir, acabadas, mas que não estimulam o Homem a pensar e a desenvolver a consciência crítica. Os livros de auto-ajuda, que saturam as sociedades modernas, têm a sua utilidade, mas frequentemente pensam pelo leitor, apresentam respostas prontas, o que estimula muito pouco a arte de pensar e o desenvolvimento da inteligência.
(...)
O status de ser um "intelectual" é um jargão social inadequado e preconceituoso, pois discrimina a grande massa de seres humanos que, embora não possuam cultura académica e não tenham títulos de pós-graduação, apresentam igualmente os mesmos complexos e sofisticados processos de construção dos pensamentos."

in Inteligência Multifocal

Sem comentários: