segunda-feira, 16 de agosto de 2010

A futilidade do Ensino #2

Continuando a minha jornada no medo... perdão, no passado, reobservo o equívoco mais grave do Ensino - acreditar que se pode medir a qualidade de um aluno, através de testes escritos.

É um erro crasso, pois os testes foram feitos apenas para aqueles alunos que memorizam bem. É verdade que há alguns que memorizam e são excelentes alunos, mas quantas vezes não vemos por aí gente burra licenciada, que a única coisa que fez na vida foi memorizar sem consciência crítica?

E que dizer das inenarráveis provas globais ou dos infames e pomposos Exames Nacionais? Apenas pretextos para os professores assustarem os alunos e fazerem bluff em relação ao que poderia acontecer se não saísse a matéria esperada.

Para quê exames? Para quê tanta formalidade e estupidez pura e simples quando volvidos quase 10 anos de eu deixar o liceu, os alunos transitam mesmo sem saberem? Para que serviu tanta ameaça dos professores?

2 comentários:

Joao Franco disse...

Falta Instruçao á Educaçao em portugal.

Nao se ensinam as materias basicas: como construir relaçoes de amizade, ecologia, etica, pensamento positivo.

Incide-se em materias que muitas vezes não vao ter utilidade futura para 85% dos estudantes.

Põe montes de testes quando a turma esta desorganizada, nao captou a minima informaçao , quando o professor é pessimo, quando os alunos se estao a borrifar para o estudo e mais para lixar os outros...

Acha-se uma pessoa um genio por saber materias como matematica ou ingles, e se bem que sao importantes, não falam nada da alma de cada ser humano.

A vida e a morte sao temas tabus, mais que o sexo....

Os jovens tem cada vez menos tempo, estao sempre ocupados : a estudar, a ter mil e uma aulas, a ter aulas extra, a ter desportos extra, a ter x, y,z, a quererem ser adultos, em Regra, a Nao Viverem a Etapa Fulcral E Feliz que podia ser.

Actualmente passam todaa gente de ano, ainda me pergunto para que testes ?!!!

O Ensino em portugal nao leva a lado nenhum, por isso estamos todos que nem lesmas num labirinto


ps- Very good post

Ricardo Martins disse...

Concordo plenamente.