quinta-feira, 25 de novembro de 2010

No rescaldo da greve...

Anteontem tive um pesadelo estranho. Sonhei que me tinha embebedado em Sintra e não havia comboio de volta para casa. Relembro aos leitores que a vila de Sintra é mesmo ao lado donde eu moro.

Andei que nem um perdido à procura de transporte, mas nada - estava tudo em greve. Até que decidi voltar para casa a pé, pela estrada da Portela de Sintra. Mas estava exausto, e fui caindo ao chão várias vezes, rastejando pelo caminho. Na estrada passavam vários carros, alguns deles com amigos e conhecidos lá dentro, que me acenavam no gozo. Ninguém me dava boleia.

Creio que o significado deste pesadelo é bastante óbvio, e explicativo dos erros que tenho cometido ultimamente, na minha vida.

Sem comentários: