quinta-feira, 10 de março de 2011

Este é um texto interessante do Pedro Borges, director da Midas, que serve para desmisticar algumas das ideias feitas de algumas pessoas em torno do Cinema Português.

Só há um ponto em que eu não concordo com o escriba - que o Cinema Português é muito mau, o que não acho. É muito mal divulgado é verdade, e raras vezes conseguimos entrar no mercado exterior, mas já vi alguns filmes brilhantes feitos no nosso país. Pena é que a maior parte sejam curtas em festivais, cujos realizadores nunca mais voltei a ouvir falar.

Sem comentários: