sábado, 12 de novembro de 2011

Exterminador 3: O poder da cona


Era assim que se devia ter chamado o terceiro filme do franchise norte-americano originado por James Cameron. Ao conseguir ver pela primeira vez o filme, desde a sua remota estreia em 2003, o que me ocorreu foi que o filme era uma espécie de O Sexo e a Cidade cruzado com os dois primeiros filmes, ou seja uma espécie de gaja super boa robótica que vinha do futuro para perseguir John Connor e dar porrada em Arnie Shwarzenegger. Os homens que se cuidem.

O filme ainda nem 10 anos tem e já parece tão tolo...

Sem comentários: