terça-feira, 17 de julho de 2012

E assim vai o país... (como sempre)

Depois do capítulo "A culpa é do Sócrates", foi a vez de "a culpa é do Passos". Agora isso mudou momentaneamente com o novo bode expiatório de serviço - Miguel Relvas. Há crise? A culpa é dele. Há incêndios? A culpa é dele. Não nego que o que fez é condenável, mas porque é que as notícias e os temas de conversas são tão monocórdicos? Não me consigo livrar da ideia que nos andam a atirar areia aos olhos...

Sem comentários: