sábado, 11 de agosto de 2012


Neste período de convalescença, tenho aproveitado para dar uma vista de olhos aos jogos antigos do meu irmão, que ele nunca mais deu importância.

Este Age of Mythology sempre adiei experimentar porque me parecia uma bocado secante a premissa. "Deuses gregos a lutarem uns com os outros, estilo Age of the Empires? Nah." pensava eu.

Pois bem, Mythology é bem melhor do que parece, não são apenas os deuses a lutar, são também os soldados e os arqueiros gregos. E quem nos lidera é nada menos do que os grandes heróis como Odysseus, Theseus e Jasão.

E há poucas coisas mais estimulantes do que um bom jogo de estratégia em que vemos o nosso império a crescer a olhos vistos.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

E agora uns tempos por casa...

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Numa das últimas revistas Sábado, Alberto Gonçalves, sociólogo, escreve uma crónica hilariante acerca das "leituras de verão", ou seja quando são publicadas as listas sazonais das leituras dos famosos, invariavelmente contendo O Som e a Fúria ou Ulysses de James Joyce. Também refere que é frequentemente afirmado que se irá reler "o Eça", surpreendente uma vez que as pessoas em Portugal não lêem, quanto mais reler.

Eu também sempre achei que essas listas tinham mais de pretensioso do que de genuíno, mas pronto mesmo para impressionar as pessoas de vez em quando não me importo de ver pessoas a bancarem de intelectuais com o seu calhamaço nas mãos. Quanto mais não seja, fazem uma certa divulgação dos livros.