domingo, 23 de setembro de 2012

A blogosfera cinéfila é propícia ao ataque a revistas de cinema. É compreensível, visto que em parte é concorrência, e ainda por cima são textos pipoqueiros. Mas a mim o que mais me me faz ficar desapontado com as revistas de cinema portuguesas é a forma como as listas são feitas - são muito básicas e escritas sem chama. Por exemplo, a lista de actores que mais morreram em cinema, ou a lista de melhores filmes de uma categoria qualquer.

Em contrapartida, este site o Craked.com, que descobri só há coisa de dois dias, elabora listas de forma bastante lúdica, e vê-se que é escrita por gente que percebe do assunto. Por exemplo esta e esta lista.

Sem comentários: