terça-feira, 25 de setembro de 2012

Uma opinião positiva interessante sobre o Plano Nacional de Cinema. João Lopes tem razão - mesmo que hajam impasses pelo caminho, a sua existência já é um passo importante no sentido de contrariar a cultura bigbrotheriana.

Sem comentários: