domingo, 21 de abril de 2013

Eye of the Devil

Penso que um dos grandes crimes da televisão por cabo portuguesa continua a ser o facto os filmes do TCM não passarem legendados em português. Porque se fossem, estou certo que seriam bem mais vistos pois a programação é excelente, só que por vezes passam lá filmes britânicos em que o sotaque cockney é impenetrável (por ex, a primeira vez que vi Get Carter não entendi patavina), e duvido que mesmo pessoas que entendem inglês compreendam o que se está para ali a falar.

Há bocadinho, no entanto, passou um filme que não precisamos de ser pros em sotaques para entender - trata-se de Eye of the Devil, um filme de terror do distante ano de 1966, uma co-produção anglo-americana.

Não é normalmente englobado em listas de filmes importantes de terror, mas é daqueles que eu mais dia menos dia teria de ver. Em parte por ter alguns dos melhores actores britânicos que pisaram a face da terra - David Niven, Deborah Kerr, Donald Pleasance e Flora Robson - mas também por ser o primeiro papel de Sharon Tate, que teve um trágico fim nas mãos da família Manson. Tate é a verdadeira surpresa do filme, a sua beleza vista através das lentes baças realça ainda mais a sua perturbadora personagem.

Aliás, ela e David Hemmings são duas das personagens mais assustadoras que me lembro de ter visto em filmes de terror, género de que eu confesso não ser grande fã. A meu ver, a vida real pode ser bem mais horrorosa do a ficção. Vejam o que aconteceu a Sharon.

Sem comentários: