terça-feira, 23 de abril de 2013

O Expresso de Von Ryan

Ando a colmatar algumas lacunas cinéfilas graças à biblioteca de Sintra, que agora disponibiliza uma vastidão de DVD's para requisição, totalmente de graça.

Uma delas é O Expresso de Von Ryan, que andava há uma data de tempo para ver, com Frank Sinatra no papel do herói. Podia não ser um grande grande actor, mas que trazia uma certa credibilidade aos papéis que desempenhava, isso é inegável. E havia uma dureza nele muito reminiscente de Bogart nos filmes dos anos 40. Um artista completo.

Nos papéis secundários temos rostos familiares como Trevor Howard, um actor britânico brilhante, Brad Dexter, presença assídua em westerns e film noir, e Adolfo Celi de Thunderball.

Antigamente não ligava grande coisa a filmes dos anos 60, mas estes filmes de guerra sempre me conseguiram captivar, pela capacidade de identificação com as personagens, pelo suspense das cenas de fuga, pelos fantásticos meios de produção utilizados, e pelos vilões nazis que são sempre os melhores vilões.

Von Ryan pode não ser um filme propriamente brilhante, mas cumpre sem dúvida todos os requisitos.

1 comentário:

Rui Alves de Sousa disse...

Recordo-me vagamente de ter visto partes deste filme há uns anos, não me recordo em que canal foi. Era mais novo, na altura até gostei do que vi. Mas sem dúvida tenho de o ver na íntegra para formar a minha exata opinião.

Um Abraço,

Rui Alves de Sousa