segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Murder!

Murder!, filmado no longínquo ano de 1930, mesmo apesar de não ser um grande filme, é muito interessante para admiradores do mestre Hitchcock, pois revela já muitos traços do engenho visual que ele iria posteriormente demonstrar.

Logo a abrir, na primeira cena, a do grito, em que vemos o travelling para a direita sobre as janelas da vizinhança prenuncia já Rear Window em 20 anos. Há realizadores que proclamam que toda a vida fizeram o mesmo filme uma e outra vez... vendo esta cena dá para entender porque o dizem.

Depois outros momentos brilhantes como os do júri do tribunal (influência em 12 Angry Men?), em que fazem uma lavagem cerebral para todos pensarem o mesmo; momentos de humor genuinamente hitchcockianos como o polícia a interrogar os actores sendo constantemente interrompido pois eles têm que entrar em palco; ou até algumas notas surrealistas que não devem ter sido pouco amadas por Luís Buñuel, como o coro de vozes em off a matraquear repetitivamente na cabeça do protagonista ou a carpete fofa que se afunda quando se pisa...

Recomendo (está na fnac a um excelente preço)

Sem comentários: